Domingo II da Quaresma

“Recomeçámos o nosso caminho rumo à Páscoa. Este tempo de Quaresma é um momento de renovação e de conversão com todo o nosso coração. À semelhança de Jesus, deixemo-nos guiar pelo Espírito ao deserto.

As comunidades do passado deixaram-nos três sugestões para ajudar a atravessar os desertos:

 Jejuar: é importante perceber a fome, principalmente da Palavra, de sentido, de autenticidade, dos outros. Pode-se jejuar dos egoísmos, das pressas, da falta de profundidade, dos excessos de comida, do que faz mal,… Contudo, seja um jejum por alguma coisa. Pode-se jejuar da TV para estar com os filhos e a esposa, jejuar dos mexericos para falar com Deus, jejuar do olhar-se ao espelho para ver o necessitado…

Rezar: uma oração feita principalmente de escuta e não tanto de pedidos. Quaresma é um tempo para ler a Palavra, diariamente, cinco a dez minutos, com calma, saboreando-a, deixando-a assentar no coração. Redescobrir, talvez em família, a oração juntos, antes das refeições, ao deitar. Quase um diálogo de amor de filhos com o Pai, louvando, agradecendo, confiando-se, pedindo perdão.

Dar esmola: não significa dar o supérfluo, mas abrir o coração às necessidades do outro. É uma fé que se concretiza nos gestos quotidianos. Alargar o próprio coração aos outros provoca em nós uma mudança, uma conversão.”

Boa caminhada quaresmal.                                                               Frei Acílio Mendes

Cânticos para o II Domingo da Quaresma – Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Ensaios

Domingo I da Quaresma

Cânticos para o Domingo I da Quaresma – Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Ensaios

Quarta-Feira de Cinzas – Inicio da Quaresma

O ensaio para a liturgia de Quarta-Feira de Cinzas será no dia 13 de Fevereiro à mesma hora.

“Iniciamos hoje o Tempo da Quaresma. Um caminho que nos levará até à Páscoa da Ressurreição, prolongando-se depois pelo Tempo Pascal até ao dia de Pentecostes. A Quaresma é o tempo do salutar despojamento, para que possamos percorrer o “caminho do essencial”. Nesta Quarta-feira de Cinzas, somos convidados a uma profunda coerência evangélica, de modo que tudo aquilo que fazemos seja sinal e expressão do amor de Deus que nos leva a reconhecê-l’O em cada irmão. Desta forma, devemos libertar-nos de toda a hipocrisia, que nos faz viver à superfície e nos impede de ser autênticos, de dar testemunho e de percorrer, passo a passo, a verdadeira conversão que nos levará a uma vida nova. Enraizar a esperança

Cânticos para a Quarta-Feira de Cinzas – Ano B (liturgia)

Publicado em Uncategorized

Unção dos enfermos (Dia do Doente)

Cânticos para a unção dos enfermos

Relembro que neste domingos, dia 11 de Fevereiro, para além de cantarmos na eucaristia dominical teremos que estar presentes à tarde para cantar na celebração do sacramento da unção dos enfermos, com inicio as 15h. Agradeço a participação de todos.

Publicado em Ensaios

Domingo VI do Tempo Comum

Cânticos para o Domingo VI do Tempo Comum– Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Ensaios

Domingo V do Tempo Comum

ATENÇÂO: O ensaio será realizado no Sábado, dia 3 de Fevereiro as 21 horas.

Cânticos para o Domingo V do Tempo Comum– Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Uncategorized

Domingo IV do Tempo Comum

Cânticos para o Domingo IV do Tempo Comum– Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Uncategorized

Domingo III do Tempo Comum

Cânticos para o Domingo III do Tempo Comum– Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Uncategorized

Domingo II do Tempo Comum

Cânticos para o Domingo II do Tempo Comum– Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Ensaios

Solenidade da Epifania do Senhor

ATENÇÂO: O ensaio para a eucaristia da Epifania do Senhor realiza-se no dia 04/01/2018 (5ºfeira) ás 21h00.

Cânticos para a Solenidade da Epifania do Senhor – Ano B (liturgia)

Trazer

Publicado em Ensaios

Comentários recentes

Arquivo