Temas do Ano Pastoral

Ao longo deste ano pastoral 2021-2022 os seguintes temas marcarão a caminhada dos grupos e da igreja:

  • Encerramento do “Ano Jubilar de São José – Iniciativa assinala 150.º aniversário da declaração como padroeiro da Igreja universal, evocando em particular migrantes e trabalhadores. (ler mais)
  • Ano de celebração do Quinquénio da Exortação “Amoris Laeticia”: Ano da Familia – Por decisão do Papa Francisco e sob a coordenação do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, vai celebrar-se o Ano “Família Amoris Laetitia”: terá início a 19 de março de 2021, quinto aniversário da Exortação Apostólica “Amoris Laetitia”, e terminará a 26 de junho de 2022, por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias em Roma. (ler mais)
  • Sínodo dos Bispos “Por uma igreja Sinodal:Comunhão, Participação, Missão”, rumo a 2023 – Com esta convocação, o Papa Francisco convida toda a Igreja a questionar-se sobre a sinodalidade, um tema decisivo para a vida e missão da Igreja. (ler mais)
    • A sinodalidade representa o caminho pelo qual a Igreja pode ser renovada pela ação do Espírito Santo, ouvindo juntos o que Deus tem a dizer ao seu povo. No entanto, este caminho percorrido juntos não só nos une mais profundamente como Povo de Deus, mas também nos envia a cumprir nossa missão de testemunho profético que abrange toda a família humana, junto com nossas denominações cristãs e outras tradições de fé.
    • O princípio sinodal de ser ‘povo de Deus’ é ouvir o que o Paráclito dita. O Papa quer que os pastores se escutem. Mas não é só isso: é ouvir os irmãos cristãos, os que estão longe, os mais fracos e os deserdados.
    • Oração pelo Sínodo dos Bispos (ver)

Ensaio para o Advento

Inicio do novo Ano Litúrgico – Ano C no qual predomina o Evangelho de S. Lucas e também inicia o novo tempo – Advento

Este fim de semana não vamos animar a Eucaristia Dominical, devido ao aniversário dos Escuteiros.

Contudo, temos o nosso ensaio semanal. Vamos aprender musicas novas para o Advento bem como recordar algumas musicas para cantar neste tempo do Advento que vamos iniciar no próximo domingo.

Musicas Novas

Musicas já existentes

Domingo XXXIV do Tempo Comum-Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo

“Os músicos devem saber diferenciar bem um recitativo de uma simples resposta ou de uma aclamação doxológica. Não se canta tudo da mesma maneira. Não se pode cantar da mesma forma aclamações como: “Santo!”, “Amén! “Sim!” ou frases mais descritivas como: “O Senhor é Rei num trono de luz”. O músico para a liturgia deverá adaptar a sua linguagem musical à especificidade funcional de cada palavra.”   In Arquidiocese de Braga

Cânticos para o Domingo XXXIV do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Domingo XXXIII do Tempo Comum-Dia Mundial dos Pobres

Mensagem do Santo Padre Francisco para o V dia Mundial dos Pobres com o titulo: “Sempre tereis pobres entre vós” (Mc 14,7) – Ler aqui

Cânticos para o Domingo XXXIII do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Domingo XXXII do Tempo Comum-Encerramento da Semana dos Seminários

Cânticos para o Domingo XXXII do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Solenidade de Todos os Santos

Ensaio será realizado no dia 31/11/2021, Domingo, em horário a definir.

Trazer estes cânticos também no ensaio de sexta-feira.

Cânticos para a Solenidade de Todos os Santos – Ano B (Liturgia)

Domingo XXXI do Tempo Comum

“No exercício do seu ministério, por mais virtuoso que o músico seja, se não tiver amor, será como metal que soa ou como o sino que tine: sonoros, mas vazios. Pelo exercício do seu ministério musical, o músico também diz o seu “amor a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”. Para isso, deve inserir-se de coração sincero na finalidade geral da Liturgia: “a Glória de Deus e a Salvação dos homens”    In Arquidiocese de Braga

Cânticos para o Domingo XXXI do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Domingo XXX do Tempo Comum – Dia Mundial das Missões

“Muitos repreendiam o cego Bartimeu para que se calasse. Mas ele gritava cada vez mais. Quantas vezes muitos se calam na assembleia cristã durante o canto, não porque cantem mal, mas por causa de olhares censores dos outros que pensam: “Porque cantas? Porque manifestas alegria? Não sabes compartilhar o nosso tédio e enfado. Nesses momentos, devemos ter a ousadia de Bartimeu e soltar brados de alegria e súplica.”  In Arquidiocese de Braga

Cânticos para o Domingo XXX do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Domingo XXIX do Tempo Comum

Cânticos para o Domingo XXIX do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Domingo XXVIII do Tempo Comum

“A música litúrgica não é um puro exercício de estética. A música litúrgica existe para salientar a força da Palavra de Deus; essa sim, é viva e eficaz e penetra até ao ponto de divisão da alma e do espírito. Por isso, na liturgia, o músico deve ter um cuidado escrupuloso em tornar compreensível cada uma das sílabas do texto. Não diluir as palavras com técnicas vocais que aplanam os sons, mas procurar a clareza das palavras.”  In Arquidiocese de Braga

Cânticos para o Domingo XXVIII do Tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer

Top