Domingo II do Tempo Comum

“O Senhor, pôs em meus lábios um cântico novo, um hino de louvor ao nosso Deus”. “Se a música sair apenas do músico, por mais engenhosa que seja, ela é vazia como é vazio o coração do homem sem o dom do Espírito. Por isso, para além do domínio da arte musical, o músico, para que o seu canto seja louvor a Deus, deve pedir que aquilo que é gerado pelos seus lábios tenha a sua origem no Espírito Santo.”        In Arquidiocese de Braga

Cânticos para o II Domingo do tempo Comum – Ano B (Liturgia)

Trazer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.